AS ILUSÕES PERDIDAS DE BALZAC: A GÉNESE DO JORNALISMO

  • Aidil Soares Navarro
Palavras-chave: Balzac, Ethos, Jornalismo, Comunicação, Génio

Resumo

O principal objetivo deste artigo é fazer uma descrição do ethos do jornalismo desde o seu surgimento até a contemporaneidade focalizando as transformações por que ele passou ao longo do tempo. Os anais da historiografia moderna apontam que as primeiras décadas do século XIX, na França, foram assinalados por um acontecimento inédito, original, que deixaria traços marcantes na mídia jornal Ocidental. Nesta época Honoré de Balzac redigira Ilusões Perdidas – obra considerada como a precursora da literatura de massa – que revela os bastidores da jovem mídia jornal que viera para ficar enquanto meio de informação e comunicação. Neste artigo procura-se evidenciar que a irrupção da imprensa jornalística funcionou como mola-propulsora para a deflagração das grandes mídias que surgiriam, de fato, no século XX: o rádio, a televisão e mais recentemente a internet e todas as suas interfaces para a modulação da informação e da comunicação. Balzac (1799-1850) preconizou que com o advento da imprensa jornalística há uma popularização das informações e o jornal passa a representar uma extensão do indivíduo comum. Além disso, o novo modelo cultural aponta a importância dos profissionais do jornalismo responsáveis pela formação ideológica de seu novo público leitor. Souza (2006) em Elementos de Teoria e Pesquisa da Comunicação e dos Media faz uma abordagem relevante a respeito das estratégias e atividades de comunicação em sociedade exercidas pelo jornalismo apontando os modelos bem como os elementos básico da teoria do jornalismo que contribui muito para o desenvolvimento do artigo em questão. As contribuições de Charaudeau (2018) em Discurso das mídias e Discurso político; Aristóteles (2000), em Retórica das paixões; Ferreira (2010), em    Leitura e persuasão: princípios de análise retórica; Van Dijk, em Discurso e poder bem como Introdução ao pensamento de Bakhtin, de Fiorin (2008), complementam a escrituração desse estudo.

Publicado
2022-08-09